Singer, a herança da arte de costurar

0
Singer, a herança da arte de costurar

Olá meus amores, tudo bem com vocês? Esperamos muito que sim!!! Hoje vamos compartilhar com vocês um pouco da história da Singer que foi a pioneira no empreendimento de maquinas de costurar no final do século XIX.

Quem já ouviu falar da pretinha? Sim, aquela maquina de costurar que geralmente as avós ou bisavós tinham em casa? A costura pode ser considerada como uma herança ancestral. Geralmente era passada de mãe para filha desde o inicio do tear. É o ato de criar vestimentas que protegerão as pessoas do frio e do calor. É doar amor. Com linhas, agulhas e aviamentos, é possível expressar os mais singelos sentimentos da alma. É uma forma de se descobrir no mundo e criar uma arte.

A máquina de costura Singer representou uma evolução social que simbolizou parte da independência financeira de muitas mulheres.  A construção da primeira máquina de costura SINGER, foi o ponto de partida de uma revolução que proporcionou  as mulheres,  os meios para realizarem suas tarefas de costura de forma mais produtiva e até mesmo rentável na confecção de roupas.

E não demorou muito para que a marca SINGER se tornou  líder de mercado e sinônimo de costura através de gerações e gerações.

Mas, como em toda história, nem sempre foram flores. Podemos dizer que a primeira máquina de costura patenteada em 1775 foi se perdido seus arquivos devido a revolta de costureiras e alfaiates que depredaram o local onde era armazenada temendo que seus trabalhos se tornassem obsoletos com o aprimoramento da nova invenção.

O Tempo passou e em 1851 Isaac Singer solicitou uma nova patente que se tornou global iniciava seus trabalhos em New York nos Estados Unidos. O diferencial da SINGER  foi iniciar o processo de vendas parceladas pela própria empresa, o que tornou as maquinas mais acessíveis as mulheres e donas de casa daquela época.

A história da Singer

No Brasil a indústria Singer chegou um século depois do seu inicio movimentando a economia da época. Em todo mundo a indústria de maquinas de costura Singer possibilitou a grande parte da população o emprego direto, nas fabricas e o emprego indireto como costureiras, e reparadoras de peças.

Podemos considerar que a história da Singer nos mostra como as máquinas de costura não só revolucionaram o modo de confeccionar roupas, como também ajudaram no empoderamento da mulher e seu desenvolvimento econômico na sociedade passando a ser empreendedoras e muitas vezes chefes de casa. E é por isso que muitas máquinas de costura são guardadas e passadas de geração em geração como uma herança de família.

Têm alguma dúvida, crítica ou sugestão? Fale conosco.

Ei! Gostou do conteúdo? Comente e compartilhe com seus amigos!

Assine nosso blog para ser avisado toda vez que tiver um conteúdo novo.

Siga o Stylist Online Tv no instagram, Pinterest e Facebook.

Abraços e até a próxima.

Vamos conectar as ideias juntos?

🔄 Compartilhe fotos / Vídeo de moda ou cinema usando a nossa hashtag #stylistonlinetv

LEAVE A REPLY